Acesso restrito

Cognitive Workflow – O mundo precisa de mais produtividade e eficiência!

16:40 12 agosto in Artigos
0 Comments

Primeiramente, o que é Cognitive Workflow?

Um fluxo de trabalho apoiado por várias tecnologias, como por exemplo Internet das Coisas (IoT), Machine Learning, Blockchain, Face Recognition, Processamento de Linguagem Natural (NLP) e Automação robotizada de processos (RPA – Robot Process Automation), que automatiza muitas tarefas apoiado por inteligência, principalmente em tarefas que antes só podiam ser feitas por humanos.

Uma ferramenta de Cognitive Workflow além de realizar as tarefas de um Workflow tradicional, incorpora e fornece suporte cognitivo para as operações do fluxo de trabalho de um determinado departamento ou setor.

Integração de sistemas legados, ferramentas diversas em cloud, análise de informação desestruturada, IA, RPA, entre outros, cria uma era, onde essa convergência de tecnologias produz recursos de automação que elevam drasticamente o valor ao negócio e vantagem competitiva para as empresas.

Por exemplo, um workflow de avaliação de algum documento jurídico pode ser apoiado por um Cognitive Workflow onde os documentos podem ser analisados por machine learning e classificados quanto ao seu grau de alerta, pontos de atenção, entre outros. Isso gera um apoio importante de eficiência à etapa manual de avaliação pela equipe jurídica.

Outro exemplo de Cognitive Workflow é com relação ao uso em controles de qualidade (de qualquer setor ou indústria), onde podem ser utilizadas várias tecnologias, como computação visual, que analisam imagens em tempo real e apoiam no processo decisório. Os ganhos qualitativos, eficiência, produtividade e redução de custos são absurdos.

Qual realmente a missão de um Cognitive Workflow?

  • Potencializar o trabalho ao máximo. Somar a inteligência humana, inteligência artificial, integrações e eliminação de redundâncias em prol de melhores desempenhos.
  • Permitir agilidade e flexibilidade para que as organizações mudem e evoluam facilmente.

A introdução de um Cognitive Workflow é complexa?

Primeiro, necessita de um software que orquestre e suporte as características necessárias. Segundo, depende do mapeamento dos processos. Terceiro, necessita de equipe preparada para aplicar toda esta tecnologia em prol da melhoria. Quarto, estabelecer monitoramento e um processo de melhoria continuada.

O CITSmart é um exemplo de Cognitive Workflow, por possuir produtos e adotar tecnologias de IA, chatbot, RPA, entre outras.

No Comments

Post A Comment