Porque vamos abordar o Catálogo de Serviços, será que vale a pena tratar deste tema ? Tanto se falou nos últimos tempos, já foi abordado sobre a sua importância, relevância para a prestação de serviços, então porque tratar sobre o Catálogo de Serviços neste momento?

Eu poderia ser mais humilde, mas a verdade é que muitas Organizações tem enormes dificuldades para montar um Catálogo de Serviços que reflita as necessidades dos clientes e usuários e traduza os serviços prestados pelo provedor, numa linguagem clara e simples unindo o entendimento das áreas de negócios e áreas técnicas que suportam e atendem as requisições de serviços dos usuários.

Ainda podemos acrescentar que na busca de uma solução, as áreas de TI investem alguns milhões em ferramentas que permitam automatizar um Catálogo de Serviços, e se decepcionam com os resultados. São cobradas pela falta de eficiência da solução adquirida, pois um projeto de implantação para automatizar a base de serviços da Organização demanda tempo, dedicação de profissionais que poderiam estar atuando em outras atividades e logicamente recursos financeiros durante toda a fase de projeto e após a sua implantação temos o custo do suporte, licenças e parametrizações ou customizações, enfim um alto investimento que não apresenta o retorno esperado.

Neste momento os gestores de TI, parecem não acreditar no abismo em que se encontram, como justificar tamanho investimento sem obter os resultados prometidos?

Sem duvida que uma ferramenta de automação é importante para aumentar a eficiência do processo que a mesma suporta, mas a escolha de uma solução automatizada como salvação do seu Catálogo de Serviços, sem antes identificar alguns requisitos, pode significar a síndrome do investimento perdido.

Então você deve estar se perguntando, pois bem, como devo começar a montagem de um Catálogo de Serviços ? A resposta é muito simples, comece definindo quais são os serviços que a sua área de Tecnologia fornece aos seus clientes e usuários.

Vamos ver se eu consigo ajudar, existem várias definições de serviços no mercado, uma maneira simples de definir é utilizando o conceito da biblioteca ITIL® de melhores práticas em gerenciamento de serviços(1).

Leia mais em HDI

​Por Antenor Gomes